sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Acordos e Desacordos durante reunião com as Coordenações do SAMU Maceió


O Sinsamu/Al, reuniu-se no último dia 05/10/2010 no auditório do Samu Maceió, com todas as coordenação da instituição da capital. Estiveram presente o Presidente do Sinsamu/Al, Ely Santos, o 1º e 2º Secretário do Sinsamu, Isaac Lima e Sostenes Pacífico, o Diretor de eventos Cláudio Wagner, o Diretor Sindical Dielson Venâncio e um componente do Conselho Fiscal Srtª Iris.

A reunião foi considerado no âmbito geral positiva, mas com algumas divergência entre Sinsamu e Coordenação.

Primeira Pauta:Plantão 24horas

Iniciando a reunião foi informado à coordenação que no dia 17 de setembro de 2010, houve uma assembléia geral onde foi tratado o assunto da implantação do plantão 24 horas, e ficou definido que os condutores votaram pela permanência do plantão de 12 horas, e os técnicos de Enfermagem optaram em realizarem uma consulta com votação na implantação ou não do plantão 24horas.

O Presidente afirmou que tudo seria realizado de forma responsável onde todos os setores relacionado com as mudanças seriam consultado entre eles a Saúde Ocupacional, e se for o caso o Ministério do Trabalho, com a finalidade de preservar o bem- estar do Trabalhador.

Por outro lado a Coordenação demonstrou interesse em aplicar o plantão de 24 horas.

Segunda Pauta:Rodízio das equipes para descanso noturno quando estiverem aguardando macas no HGE.


Essa pauta foi direcionada ao Coordenador Médico, que de uma forma bem diplomática e racional, entendeu as dificuldades enfrentada pelos trabalhadores, em especial das USBs que muitas vezes passam horas aguardando a liberação das macas. O Presidente do Sinsamu solicitou ao Coordenador a possibilidade de sistematizar junto aos médicos reguladores, que após a meia noite, houvesse o rodízio e ele prontamente se disponibilizou em conversar com os Médicos e os Rádios Operadores para manter essa hora de descanso dos plantonistas.

Foi Solicitado também a possibilidade de avançar na triagem dos atendimentos para melhoria do serviço, e o Coordenador Médico sinalizou em observar junto aos profissionais e informou que eles realizaram curso de regulação médica, e continuam em um esforço concentrado em melhorar o serviço de regulação.

Terceira Pauta: Rodízio de escala entre condutores de viaturas, e administrativo;

-Essa Pauta foi direcionada à Coordenação de Transporte, onde o Sinsamu sugeriu como um meio de humanizar o serviço, a possibilidade de observar os Condutores acima de 50 anos, para disponibiliza-los nas escalas de administrativo e VTR-27, foi também solicitado o rodízio nas escalas entre condutores interessados, que estão em USB, USA dando oportunidade à todos os interessados em produzir conhecimento em todas as viaturas.
-Foi também solicitado que a escala fosse disponibilizada com mais antecedência para que todos possam se organizar o Coordenador de transporte disse que iria agilizar.

Infelizmente essa pauta foi mal entendida pelas Coordenações, onde eles acharam que o Sinsamu estava interferindo no serviço dessa coordenação, no entanto o Sinsamu, em nenhum momento teve a intenção de interferir nas ações administrativa e sim preservar a vida útil desses profissionais com idade acima dos 50 anos e contribuir com o desenvolvimento dos profissionais, dando a todos o direito de aprimorar seus conhecimento e promover a inter-relação de todos os condutores, seja ele de USA ou de USB.

É bem provável que em breve essa Coordenação venha entender que o Sinsamu é uma instituição legalmente constituída com a finalidade de contribuir com o bom andamento da instituição, tendo como finalidade, levar aos Administradores questionamentos da categoria. Essa é a nossa função.

Quarta Pauta: Andamento da reforma da PRF;

Foi direcionada à Coordenação Geral, que de imediato informou que é um assunto de responsabilidade da própria PRF.

É certo que é assim que entendemos também, afinal o prédio é daquela instituição, no entanto nossas equipes estão sendo acomodadas no COBOM -DER onde no último final de semana houve problemas com alojamentos.
À Coordenação disse desconhecer o problema, uma vez que não teria recebido nenhum comunicado formal dos servidores que por lá passaram nos últimos dias.

O Coordenador Administrativo ficou de verificar o problema dos alojamentos e afirmou que o SAMU tinha colocado a pouco tempo camas nesses alojamentos do DER.

Ao mesmo tempo o Coordenador Geral informou que os servidores tivesse um pouco mais de paciência, que ele estaria viabilizando uma base descentralizado de uso do SAMU naquele local, informou que estava em negociação.

Quinta Pauta: Alojamento do Samu.

Questionado sobre as condições dos nossos alojamentos.

O Coordenador Geral, informou que os alojamentos iriam se transformar em salas de descanso, que seriam substituído as camas por móveis utilizado para momentos de descanso do servidor plantonista.Disse ele que teria uma Auditoria do Ministério da Saúde que proibia o uso de camas na central de regulação.

De imediato solicitei o laudo da auditoria do Ministério da Saúde, ele informou que o Sinsamu solicita-se no SESAU.

O Sinsamu posicionou-se contra uma possível retirada dos alojamentos.
Informou ainda que existe uma portaria do Ministério da Saúde, que regulamenta as ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA UMA CENTRAL DE REGULAÇÃO dos Samu em todo Brasil veja no item (3 g):

3. Ambientes Adjacente à Central Médica de Regulação

g. Sala de repouso para as equipes (masculino/feminino), área mínima de 5,00 m²
por profissional, com dimensão mínima de 2,00m, com banheiros / vestiários
masculinos e femininos em anexo.


Veja Aqui toda a portaria que regulamenta o projeto arquitetônico das Centrais de regulação do SAMU em todo Brasil.

É Obvio que a palavra sala em nenhum momento relaciona com em retirada de cama, no entanto ela credita à NR 24 do Ministério do Trabalho. Norma regulamentadora dos alojamentos de trabalhadores plantonistas seja ele Público ou Privado de 5,00m² por indivíduo situação que no SAMU Maceió deixa a desejar.

Sexta Pauta: Previsão da volta dos Servidores da Higienização

Está Pauta não foi discutida por falta de consenso entre a Coordenação de Transporte, e Coord. Geral, e SINSAMU/AL sobre a discussão das escalas dos Condutores que voltou mais uma vez a pauta de discussão.

Servidores da Higienização do SAMU Maceió já estão de volta ao setor de origem mesmo de forma precária de local de trabalho e de alojamento.

Para Finalizar o Sinsamu fez sua parte como Instituição representativa das categorias dos profissionais do SAMU Alagoas, levou os questionamentos dos servidores às Coordenações, e agora Sinsamu e servidores aguardar as mudanças nos acordos feito entre SINSAMU e algumas Coordenações do SAMU e em breve estaremos agendando nossa assembléia para direcionar nossas ações.


Diretoria Executiva do SINSAMU/AL






0 comentários:

Postar um comentário