terça-feira, 19 de julho de 2011

Deu no CADAMINUTO:Sem acordo, SAMU promete paralisação dos serviços na próxima semana


por Jonathas Maresia
Site:Cadaminuto

Os profissionais de enfermagem que trabalhando no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realizam um protesto, na manhã desta terça-feira (19), na Avenida Fernandes Lima em Maceió, questionando a redução em 40% do quadro.

Segundo os profissionais, a resolução do Ministério da Saúde tem como único objetivo ‘piorar’ um serviço que já é deficitário. “Durante toda esta semana vamos nos organizar com objetivo de encontrar uma solução com a Secretaria de Estado de Saúde de Alagoas (SESAU) e caso não se seja encontrada uma solução vamos paralisar todos os serviços nesta próxima segunda-feira (25)”, frisou um socorrista, ressaltando ainda que a resolução do ministério diminuirá de três atendentes pra dois em uma viatura.

“O movimento tem como objetivo alertar a sociedade para um prejuízo no atendimento das equipes do SAMU. Três profissionais realizando o socorro às vítimas já é considerado um número pequeno, imaginem com essa diminuição”, questionou um representante do movimento, Francisco Matta.

Os participantes distribuíam panfletos alertando à sociedade que o Ministério da Saúde não tem interesse com a saúde da população alagoana.

0 comentários:

Postar um comentário